Reflect - Muros (acústico ao vivo n'Os Artistas)

Versão acústica do tema "Muros" do álbum "Reflect", gravada ao vivo n'Os Artistas (Faro) no dia 4 de Outubro de 2014, aquando da apresentação do livro "De mim para mim" de Carolina Tendon, disponível em http://www.carolinatendon.pt.

Piano: João Mestre
Texto e voz: Reflect
Violino: Mariana Viegas
Scratch: Gijoe
Samples e voz: Dezze

http://www.reflect.pt


Obrigado:

Sociedade Recreativa Artística Farense - Os Artistas
https://www.facebook.com/SRAF.Os.Artistas

RUA - Rádio Universitária do Algarve
https://www.facebook.com/RUA.FM.102.7


"Muros"

Tenho a vista tapada por dois metros de betão
Este muro à minha volta tira a voz ao quarteirão
Cercado p'lo meu muro no mundo da ilusão
Julgo ser o que não sou com voto de afirmação
A barreira que limita o que o mundo me entrega
É a força que me fecha na sombra que me cega
Protecção mal inventada, medo cresce no jardim
Relação fica cortada, falta água no jasmim
Embrulhado na rotina vejo a terra a secar
Há uma janela por abrir e uma cortina por fechar
Tenho a porta barricada, cada ferida é pedregulho
Cada gesto de afecto vira volume no entulho
Cobardia camuflada na postura reservada
É o medo de entregar e receber em troca nada
Perder o calor do dia enquanto pinto a alegoria
Onde há dois corpos sobre a cama a reagir em sintonia

Quero ver pr'além deste céu nublado
Quero ser maior que este muro alto
Ver a luz na sombra que me prende aqui
Ver pr'além deste céu nublado
Ser maior que este muro alto
Ver a luz na sombra que me prende aqui

Tudo vai por água abaixo, cada plano feito
Cada defeito vira estaca espetada no teu peito
Duvidas do teu valor, congelas a emoção
Aumentas o tamanho do muro que limita a acção
Num jardim cheio de terra, onde Inverno é todo o ano
Existe uma folha fria para cobrir cada plano
A parede está mais perto e a rua mais afastada
Na mesa da sala há só uma cadeira ocupada
Comes com o vazio e a comida sabe a nada
Afogaste o teu reflexo em água desperdiçada
Rompe o tédio com coragem, tira a corda do braço
É o amor que te liberta e tudo o resto é fracasso
Não ter hora p'ra partir, não ter hora p'ra chegar
É deitar abaixo o muro que não deixa a luz entrar
Num ideal mais elevado, ver o mundo acompanhado
E perceber que estar casa é um espaço a teu lado


©2014 Kimahera
 

Artistas Relacionados

Reflect Reflect

Booking:

Pedro Pinto
reflect@kimahera.pt

Dezman Dezman

Booking:

Mauro Cunha
dezman@kimahera.pt

Gijoe / Sickonce Gijoe / Sickonce

Booking:

Rafael Correia
gijoe@kimahera.pt / (+351) 936 435 883